Está quase a chegar aquela altura do ano em que transforma a sua casa em um lugar mágico. Por isso, decidimos ajudá-lo/a nos arranjos de Natal com algumas dicas. Preparados?

A decoração de Natal é algo que deixa os amigos e família de boca aberta quando entram na sua casa. São responsáveis por criar uma atmosfera mágica e confortável para celebrar da melhor forma o Natal.

No entanto, decorar a casa pode ser uma atividade muito divertida para alguns mas stressante para outros. Não consegue lembrar-se onde arrumou todos os enfeites, e não têm novas ideias para o seu espaço.

Não se preocupe, porque este ano nós ajudamos a concretizar o seu sonho de Natal.

Dicas para Arranjos de Natal

Quando falamos em decorar a casa, algo importante a considerar é o valor que pode gastar. Compre apenas o essencial. Pode trocar artigos com familiares ou reciclar a decoração de outros anos.

O mais importante é que os materiais sejam do seu agrado e representem os seus gostos e ideias na prática.

  • Como decorar a Árvore de Natal

Começamos com a árvore de natal, possivelmente o elemento mais característico da festividade.

Existem muitos tipos de árvores. Há quem tenha espaço e opte por um pinheiro real, mas o mais comum são as árvores artificiais.

Existem diferentes tamanhos, número de ramos, cores… as opções são abundantes.  O segredo está em escolher o modelo que mais se adequa a si e aos gostos da sua família, para além de ficar bem no seu espaço.

No que toca aos ornamentos, as bolas não podem faltar, mas e se fugir à norma e colocar mais do que o conjunto típico de bolas?

Procure bolas especiais para dar um toque único à sua árvore. Quem sabe pode até criar a tradição familiar de comprar uma bola todos os anos para ir adicionando à sua árvore de Natal.

Outra forma de ornamentar a árvore é colocar doces para os membros mais pequeninos da família retirarem, com moderação é claro.

Se tem um gosto apurado por histórias e nada o reconforta mais do que relembrar momentos passados com os seus entes queridos, enfeite os ramos com brinquedos da sua infância.

Vão certamente chamar a atenção aos olhos mais curiosos, e vai certamente viajar no tempo.

Por último, a estrelinha no topo do bolo…ah, a estrelinha no topo da árvore, assim é que é.

O último enfeite dispensa apresentações, e não tem nada que saber. Use a que já tem ou encontre uma que encaixe na perfeição e condiga com as combinações de cores do resto dos arranjos de Natal.

  • Bling, Bling: As melhores luzes para decoração de Natal

arranjos de natal

As luzes de natal são encantadoras, seja dentro ou fora de casa a ornamentar a sua fachada. Mas a forma como as utiliza pode separar o belo do monstruoso.

Em primeiro lugar, escolha as tonalidades típicas do Natal. Lâmpadas coloridas para uma versão tradicional, lâmpadas claras para uma versão contemporânea. Depois, decore a casa com muitos brilhos.

Escolha lugares como a árvore de natal, as paredes e utilize a mobília para que as luzes encaixem perfeitamente no meio ambiente.

Elementos decorativos como candeeiros e suportes de luz ajudam a fortalecer esse look.

Outra forma de dar luz à sua casa é com velas. Não há nada tão aconchegante e convidativo como uma sala iluminada à luz das velas pois não?

Escolha velas grandes, reúna-as em conjuntos de duas ou três sobre a lareira ou mobiliário ou utilize recipientes de vidro e taças de madeira. Ajude a complementar este look juntando frutas decorativas ou reais nas tonalidades natalícias.

  • Os pormenores fazem a diferença

Dê destaque aos enfeites que espalha em casa. Os arranjos de Natal devem entrar em sintonia e as cores devem flutuar em todos os cantos da casa.

Sim, referimo-nos mesmo a todos os cantos da casa, por isso não se esqueça dos quartos e das casa de banho. Se o seu espaço não for gigantesco, algo simples como velas e almofadas alusivas à data são suficientes.

Espalhe caixas natalícias com doces pela casa. A seguir à ceia tradicional ninguém recusa uma trinca a um delicioso chocolate.

Na mesa de jantar e nas travessas de comida, surpreenda os convidados com pequenos e grandes detalhes. Use uma toalha de mesa com desenhos natalícios, o fruto do azevinho e pequenas figuras de um boneco de neve ou do Pai Natal acompanhado por uma das suas renas.

Se tem uma maior preocupação pelo ambiente, utilize uma árvore de natal reciclada e use elementos naturais da estação nos seus arranjos de Natal. Ramos de pinheiro, maças, pinhas, etc…

Os enfeites das árvores também não precisam de ser exclusivamente utilizados nela. Junte, por exemplo, bolas de natal que já não utiliza e encha taças transparentes com elas. Fugir às regras é válido quando quer caprichar nos seus arranjos de Natal.

Outro dos enfeites essenciais são as meias de Natal. Se já possui uma coloque-a num lugar visível, de preferência pendurada na lareira ou próxima da árvore.

Caso ainda não tenha nenhuma, há uma forma mais divertida de arranjar uma em vez de a comprar.

Lance o desafio aos membros mais novos da família, com a promessa que no final as suas meias vão estar cheias até ao topo de presentes e guloseimas. Desta forma consegue entretê-los e dá-lhes liberdade para desenvolverem as suas capacidades criativas.

Se procura outra maneira de distrair as crianças, experimente colocar neve artificial num recanto da casa e, utilizar um saco de serapilheira como o do Pai Natal enchendo-o com brinquedos e elementos alusivos à época. Garantimos que eles vão adorar.

E que tal um desafio para si?

Experimente fazer a sua própria coroa de Natal. Pode utilizar qualquer material e no fim basta colar tudo. Convença os seus amigos a aderirem a esta ideia e competi com eles para o prémio de melhor coroa.

Ah, quase nos esquecíamos. As prendas também são parte da decoração do natal. Por isso não se esqueça de utilizar embrulhos que fiquem bem no ambiente.

  • Presépio, Musgo, Ação!

O presépio, embora seja um dos elementos de decoração de Natal mais conhecidos, para muita gente não é uma das prioridades na sua sala. Mas a sua presença é importante.

Para além da história que as figuras representam, o presépio enriquece, e muito, o seu ambiente. E, atualmente, há cada vez mais opções para todos os bolsos.

Existem presépios em madeira, presépios em cristal, presépios em cortiça, presépios de barro e presépios em muitos outros materiais. Por isso se ainda não tem um presépio vá à procura de um adequado ao seu gosto e à sua carteira.

  • Natal no seu jardim

Por último, não podíamos deixar de mencionar o seu espaço exterior. Se tem um jardim em sua casa, então os arranjos de natal não estão completos até decorar o exterior.

Mais uma vez, é tudo uma questão de gosto e criatividade, e não precisa de gastar valores exorbitantes para ter a decoração de sonho.

Sirva-se dos elementos naturais que tem à mão. Enfeite ramos de árvores com pinhas e bolas que tinha a mais, ilumine arbustos e plantas com luzes led e preencha o chão com figuras natalícias.

 

Agora toca a pôr as mãos à obra e comece a decorar!!!