Procura móveis para o jardim? Vamos deixar algumas dicas interessantes que podem ajudá-lo na sua decoração e no seu mobiliário de jardim.

Neste artigo vamos ajudá-lo na escolha do material indicado para mobiliário de jardim. Quer seja com o intuito de relaxamento, para fazer refeições ou apenas para fins decorativos, deve ter em conta as características do seu jardim e do espaço que o rodeia, nomeadamente às condições climáticas, para que a escolha seja proporcional à sua necessidade. Relativamente ao material, de um modo geral, tem à sua disposição desde metais, resinas e madeiras.

No que respeita aos metais, estes são excelentes opções no que toca a temas como corrosão e oxidação. Mais especificamente, o Aço Epóxi reveste-se por um material que resiste aos efeitos da oxidação, o Aço tratado cataforese para uma maior resistência à corrosão e o Alumínio que resiste à corrosão e tem a mais-valia de uma manutenção bastante simples.

Relativamente à madeira, talvez o material mais estético para a maioria das pessoas, temos variadas opções tendo em conta preço, resistência e estética. Para começar, existe o Pinho com a melhor relação qualidade-preço e uma resistência bastante razoável às intempéries, Outra opção a considerar é a Teca, apesar de ter um preço mais elevado, é perfeita para quem tenha como prioridade a resistência a intempéries, é de notar que esta madeira vai acinzentando ao longo do tempo e “não é defeito, é feitio”. Não desprezemos também a Acácia que apesar de não resistir na perfeição às intempéries tem uma prestação bastante boa relativamente à humidade. Importa referir que as madeiras, para que continuam aprazíveis à vista, necessitam de manutenção regularmente.

Por fim, as resinas, que são de fácil manutenção e flexíveis no que toca a cores. A Resina injetada destaca-se por uma excelente resistência e uma vasta escolha de cores. A Textileno é bastante resistente à humidade e raios Ultra-Violeta sendo ela feita à base de PVC. Não esqueçamos a Resina trançada, que têm como objetivo rodear estruturas de aço e alumínio.

Deixamos aqui alguns exemplos de Jardins bonitos com algum do nosso mobiliário de jardim.

Sugerimos-lhe o mobiliário adequado ao tipo de espaço que dispõe, sendo que é aconselhável conjugar o tipo de mobiliário de jardim com os tipos de materiais apresentados anteriormente. Para espaços mais limitados, aconselhamos a utilização de materiais dobráveis como pode encontrar nos bancos, cadeiras e mesas (metal ou madeira) a fim de rentabilizar o espaço e facilitar a sua arrumação.
Para espaços maiores em que exista a possibilidade de colocar mesas para jardim maiores, sugerimos igualmente as cadeiras dobráveis, para que quando estas não estejam a ser utilizadas, não limitem a circulação e o espaço e sejam práticas de armazenar e colocar nos abrigos de jardim. Se a sua intenção é criar um espaço de relaxamento, não há nada melhor que procurar por exemplo, espreguiçadeiras com almofadas, conjuntos de mobiliário, sofás para jardim, baloiços e camas de rede.

Importa também referir que a arrumação/conservação dos seus mobiliários de jardim não será um problema uma vez que, no caso das madeiras estas podem ser revestidas por materiais que as impermeabilizam, relativamente ao resto dos artigos existe a opção bastante prática de os cobrir com capas de proteção apropriadas.

Artigos relacionados