Para quem tem, pelo menos, algum conhecimento básico sobre cultivo sabe que ter uma estufa traz imensos benefícios. Para além da óbvia proteção que proporcionam aos produtos cultivados, são simples de utilizar e, dependendo do seu investimento, podem controlar a temperatura de acordo com as suas necessidades.

Motivos para considerar ter estufas domésticas em 2021

Se está a ponderar instalar estufas em sua casa no próximo ano, está no caminho certo.

Independentemente do que deseja cultivar, ou do tamanho dos seus cultivos, uma estufa irá trazer muitos benefícios a longo prazo. E nós dizemos-lhe quais são.

Todos os tamanhos cabem em todos os lugares. Seja no seu jardim ou quintal, ou dentro de casa, as estufas são mais versáteis e simples de utilizar. Por isso, se for a sua primeira experiência com o cultivo, pode esquecer o stress de iniciante.

Não é preciso ter um grande conhecimento sobre cultivo e sobre estufas para começar. Foque-se apenas em aprender os básicos e deixe o resto para descobrir ao longo do tempo.

Lembre-se que para dominar qualquer área, é necessária prática. Até lá, as estufas abrigam e protegem os seus produtos.

Outro motivo para escolher cultivar em estufas é se preferir não expor os seus produtos cultivados. Existem estufas com designs discretos, em cores escuras que podem ser transferidas de local, caso seja necessário, sem prejudicar a segurança das plantas que lá estão cultivadas.

Cultivo indoor vs outdoor

Dependendo do seu espaço, e das suas necessidades ou desejos pode optar por cultivar dentro ou fora de casa.

Não podemos afirmar que uma forma é claramente melhor do que a outra, mas sim duas formas diferentes de fazer a mesma coisa. No entanto, se cultivar dentro de casa num espaço construído para esse propósito terá possibilidades que não teria no exterior.

Como já mencionamos em cima, terá mais discrição dos seus cultivos, pois não estarão há vista de ninguém.

Dentro de casa também terá total controlo da luminosidade e ventilação a que os seus produtos vão ter acesso. Este controlo traz imensos benefícios pois permite-lhe, por exemplo, plantar alimentos e flores fora de época.

Embora o acesso a estufas domésticas seja simples, tanto no interior como no exterior, é sempre mais fácil aceder ao que precisa dentro do conforto da sua casa.

Motivos para ter Estufas Domésticas 2021

Estufas Domésticas: Vantagens de utilização

Uma estufa não serve apenas para o cultivo de plantas e flores, mas também como uma ferramenta de produção de alimentos orgânicos para consumo. Para além de produzir os alimentos que ingere e de saber a sua origem, a sua carteira vai agradecer-lhe na altura de fazer compras.

Com estufas, sejam estufas pequenas ou grandes, pode cultivar vegetais e hortaliças o ano inteiro, para além de ser possível cultivar espécies de plantas, flores e vegetais de qualquer lugar do mundo com melhor qualidade, pois o ambiente pode ser controlado de acordo com o cultivo de interesse.

No entanto, também é importante mencionar que quantos mais equipamentos para a manutenção dos seus produtos você precisar mais alto será o custo que irá gastar com as suas estufas.

Comparadas a plantações em hortas abertas, as estufas protegem os cultivos do ataque de pragas do solo e de insectos, algo muito frequente em hortas exteriores. Isto não significa que as estufas estão livres de serem atacadas, mas caso isso aconteça, o controlo é feito de forma mais rápida e eficaz.

As estufas domésticas também são mais económicas na irrigação, pois permitem o uso da fertirrigação (aplicação do adubo com a água). Com esta técnica, o uso de água é moderado, evitam-se perdas de nutrientes por volatilização e aumentam-se o rendimento dos fertilizantes.

Outra vantagem é que os produtos cultivados em estufa podem ter uma melhor qualidade. As plantas que são cultivadas dentro da estufa, com os devidos cuidados, têm a possibilidade de estarem sempre no clima adequado, o que proporciona maior qualidade e desempenho.

As estufas também são mais sustentáveis, comparadas com lavouras tradicionais. Pois, ao utilizarem, de forma inteligente, água e fertilizantes, diminuem a quantidade de agrotóxicos, fazendo com que a produção se torne mais limpa..

Estufas Domésticas: 4 Cuidados essenciais

Ventilação: é essencial para a saúde das plantas. A ventilação pode ser garantida com a implementação de reforços na estufa, como é o caso de aberturas laterais e janelas. Elas ajudam muito na circulação do ar, especialmente quando se trabalha com telas de sombreamento.

Luminosidade: Influencia o crescimento e desenvolvimento da planta. Deve ser ajustada de acordo com o tipo de material que irá cobrir a estufa e a sua posição no terreno. Telas de sombreamento podem ser aplicadas conforme as necessidades de cada produtor e cultivos escolhidos.

Temperatura: tem ação direta nas funções vitais da planta, da germinação até a frutificação. É preciso ficar atento para evitar o excesso de temperaturas altas, trabalhando de acordo com as necessidades das culturas cultivadas.

Horários: De acordo com o local onde vive, deve gerir as estufas com os horários adequados. Geralmente, em regiões de climas fixos (inverno e verão), ao final da tarde é indicado fechar a estufa. Isto, devido ao aquecimento do sol durante o dia, e, durante a noite (que usualmente é mais fria) as plantas seguem em temperatura controlada, não sofrendo com o arrefecimento.

Estufas Domésticas: Construir ou comprar?

Este fator já é algo que depende inteiramente de si e do investimento que planeia fazer. Ambas tem vantagens e desvantagens.

O mais importante para decidir qual das seguintes opções é a correta para si, é primeiro decidir quais são os produtos que vai querer cultivar e as suas dimensões.

Se tem planos para grandes cultivos, e a imagem de uma estufa grande não o agrada, então construir a sua própria estufa é a melhor solução. No entanto, tem de ter em mente que isso significa maiores gastos.

Para cultivos básicos, uma estufa pré-fabricada é uma solução mais económica e suficiente.

O que levar em consideração na hora de comprar uma estufa de cultivo?

  • O tamanho do espaço onde irá construi-la;
  • O tamanho do cultivo;
  • Se pretende uma estufa discreta ou não;
  • Qual o tipo de cultivo, iluminação e ventilação que será utilizados;
  • Valor de investimento;
  • Optar por produtos de boa qualidade para evitar problemas posteriores.

Agora que já sabe o que esperar com o cultivo em estufas, comece a apontar tudo o que precisa e estipule um valor para todos os gastos. E não se esqueça de se divertir no processo.

Bons cultivos!

Voltar à lista