Quer mudar o visual do seu jardim mas ainda não decidiu como? Neste artigo explicamos o que pode fazer para criar o ambiente perfeito nos meses de verão.

Como organizar o jardim no verão

Não é novidade que com o verão, o jardim ganha um novo encanto. A natureza faz o seu trabalho e a paisagem floresce abundantemente.

No entanto, existem muitas tarefas que a natureza não faz e que cabem a si cuidar para melhorar a qualidade e aspecto das suas plantas.

Outra coisa indiferente à natureza mas importante para si é a decoração exterior do seu terraço e transformar o seu espaço na melhor versão possível que ele pode ter.

Assim sendo, de seguida, revelamos-lhe 4 dicas para considerar se está a ponderar mudar o seu jardim no verão.

Cuide das suas plantas

Quando pensamos em jardim, por norma associamos o espaço a cores vivas e a plantas.

Se este é o seu caso, então aproveite esta altura para escolher flores e plantas novas para o seu jardim. Tenha em atenção que, durante os meses de verão, as plantas precisam de mais água pois desidratam-se com mais frequência por conta do calor.

Algumas plantas que embelezam o seu espaço exterior no verão são as zínias, os lírios, as dálias, as flores de chagas, os gerânios e as flores de cone.

Mobiliário para exterior

A decoração que escolher para o seu terraço vai determinar o tipo de ambiente do seu exterior.

Antes de mais, deve pensar naquilo que já tem e na própria decoração do interior da sua casa para fazer com que ambas as partes se fundam numa só.

Se o conforto é o factor mais importante para si, então escolher mobiliário exterior com boas estruturas e suportes com almofadas para se sentar ou deitar confortavelmente deve ser um dos pontos a considerar. Não existe nada melhor do que relaxar, depois de um dia de trabalho ao ar livre com bom tempo.

Mobiliário para jardim no verão

Existem diversos conjuntos de jardim no verão que pode optar, assim como sofás, cadeiras, bancos, baloiços e camas de rede muito confortáveis.

Para além do conforto, deve também separar as peças fundamentais das peças secundárias para distribuir o seu orçamento por um todo. A área de lazer e descanso deve ser prioritária, depois deve assegurar um espaço de arrumações para as ferramentas de jardim e outros utensílios que costuma ter espalhados pelo jardim no verão. Os abrigos ou armários de exterior são os melhores aliados para solucionar esta parte.

Decoração a rigor

O título diz tudo. Assim como falado em cima, é importante combinar todos os móveis e outros acessórios decorativos com o meio que o rodeia.

Se vive num ambiente campestre, se a sua casa tem paredes de pedra, e se o verde flui nas veias do seu lar escolha um tipo de decoração rústica. Pode até reaproveitar pedaços de madeira para construir mesas, cadeiras e bancos. Para além de ser divertido está a reutilizar materiais, o que é bom para o ambiente, e poupa peso à sua carteira.

Se é adepto de um estilo mais contemporâneo ou boémio, ou se prefere o minimalismo procure os materiais adequados a essa função.

Para estilos contemporâneos, o rattan e vime são ótimas opções pois ambos são materiais muito resistentes e enquadram bem em vários tipos de decoração e cores. Espaços minimalistas já requerem outro tipo de visão, e, para este caso quanto menos melhor.

Foque-se em estruturas fortes mas simples optando por cores mais neutras.

Outro aspecto que deve considerar é em otimizar o seu espaço. Se o terreno exterior não for muito grande, pense em formas de economizar o espaço sempre que for necessário. Artigos dobráveis como mesas ou bancos acabam por fazer muito jeito. Se receber visitas basta montá-los e de seguida desmontá-los e voltar a arrumá-los para ter uso dessa mesma zona para outras atividades.

Cubra o terraço

Uma cobertura de terraço é muito importante.

Para além de abrigar os seus móveis e utensílios, protege-o a si e à sua família dos fortes raios UV de verão possibilitando a estadia ao ar livre por mais tempo sem se tornar desagradável.

Se o seu jardim ainda não possui coberturas, pense no tipo de coberturas que precisa. Existem coberturas para portas e janelas, assim como coberturas para secções do seu terraço/jardim. As mais utilizadas são os toldos e pérgulas.

Ao contrário dos toldos, as pérgulas são estruturas completas que podem ser abertas ou totalmente fechadas para criar um ambiente mais recluso. No entanto, são também mais caras pois podem ter materiais como aço galvanizado e policarbonato que torna as suas estruturas muito resistentes.

Já os toldos, podem ser instalados de várias. formas, sendo por isso mais versáteis do que as pérgulas, podendo adaptá-los com o meio ambiente, em árvors ou nas paredes de sua casa.

Pode ler mais sobre que tipo de coberturas deve utilizar aqui.

 

Agora que já têm algum conhecimento sobre o que deve fazer, o próximo passo é seu.

No O Meu Jardim temos várias coleções de mobiliário e estruturas para exterior. Visite-nos e idealize o seu novo jardim no verão!

Voltar à lista