Quer plantar tomates e está a pesquisar quais as melhores formas de o fazer? Ou então, talvez já tenha plantado tomates na sua horta mas gostaria de o puder fazer durante todo o ano? Com uma estufa isso é possível e muito simples.

O Meu Jardim explica-lhe porquê.

Cultivo numa estufa

Ao ar livre, as sementes e plantas estão sujeitas a mudanças constantes nas condições climatéricas e nas temperaturas. Cultivar produtos numa estufa permite controlar todos os elementos do ambiente desse produto. Uma estufa permite que semeie em quase qualquer época do ano, dependendo das temperaturas de inverno na sua zona geográfica. Mais tarde, flores, frutas e vegetais cultivados em estufas podem ser preparados (endurecidos) para uma transição fácil para o seu jardim.

Características dos tomates

Os tomates são um alimento de fácil crescimento na maioria das condições.
O fruto é rico em vitamina A, B e C, e tem um baixo teor de calorias sendo rico em minerais.
Entre vários benefícios, o tomate:

    • Ajuda a regularizar o sistema nervoso;
    • É um purificador do sangue;
    • Combate as doenças do fígado;
    • Tem um nível de acidez que ajuda a dissolver cálculos renais;
    • Evita a fragilidade dos ossos e má formação dos dentes;
    • Tem propriedades cicatrizantes e diminui as infeções.

Embora sejam simples de cultivar, e qualquer pessoa pode fazê-lo, existem alguns conselhos úteis que valem a pena seguir para potencializar o seu cultivo de tomates.

5 principais dicas para o cultivo de tomates na estufa

1. Rega

Os tomates são um fruto com sede. Ao plantá-los é necessário oferecer-lhes um bom gole de água para os fortalecer e continue regando regularmente. No entanto, nas primeiras semanas, pode deixa-los alguns dias sem água, isso impedirá as suas raízes de lamberem preguiçosamente a humidade das outras plantações, encorajando-os a ir à procura de mais. O resultado serão plantas mais fortes.

2. Adubo

Apesar do que dizem todos os especialistas e fabricantes de rações para frutas, não é estritamente necessário alimentar os tomates para ter uma boa colheita. Se o seu objetivo for obter os melhores rendimentos, certamente vai precisar de uma ajuda extra.
Pode comprar comida, como adubo, como o produto de cultivo de horta CELGARDEN, que promete um desenvolvimento saudável para as suas plantas, ou pode optar por fazer a sua própria comida como por exemplo urtigas picadas e deixadas de molho em água. Este exemplo, embora seja um pouco fedorento, funciona e desta forma cria um adubo orgânico.

3. Ventilação

Embora o cultivo dos tomates e outras plantas de interior prezem por condições tropicais húmidas criadas pela estufa do seu jardim, mesmo assim estes beneficiarão com um pouco de ar através de uma janela ou porta aberta. Isso não apenas permitirá que os insetos polinizadores tenham um acesso mais fácil ,  mas também criará um ambiente de cultivo mais estável e desencorajará doenças desagradáveis ​​relacionadas à humidade. Além disso, quando as temperaturas atingem níveis escaldantes durante o dia, elas geralmente despencam à noite, mas estufas de policarbonato do O Meu Jardim foram desenhadas  para que exista fluxo de ar e permitem a regulação de calor e humidade.

5 principais dicas para o cultivo de tomates na estufa

4. Suporte

O modelo mais simples de suportes é fincar estacas no solo e amarrar os galhos com barbantes na estaca. Dê-lhes uma mão e mantenha-os na vertical posicione-os amarrando-os suavemente a estacas ou crie uma treliça para eles se apoiarem.

5. Poda

É necessário realizar a poda no cultivo do tomate entre maio e julho e sendo que teremos sempre de realizar podas sucessivas cortando os galhos florais.  A menos que você esteja cultivando uma variedade espessa, você deve cortá-los regularmente com uma pitada de seus dedos. Você não quer excesso de energia indo para os rebentos laterais – mantenha as plantas subindo alto. Outro corte no topo da planta é aconselhável quando você tem uma boa quantidade de frutas ajustadas para concentrar a energia na colheita, ao invés do resto da planta.
É importante ressaltar que não será necessário podar as variedades de tamanho definido, ou seja, aquelas que possuem um crescimento limitado.

Em suma

Fáceis de plantar, simples de manter e muito saborosos na cozinha. Comece já a plantar tomates na sua estufa e conte-nos a sua experiência!

Voltar à lista