As pragas nas folhas dos cultivos ou do jardim são uma das principais problemas de quem gosta de ter plantas bonitas e saudáveis e de garantir o seu pleno crescimento e desenvolvimento.

Sabe identificar as principais pragas agrícolas e como controlá-las? Ao conhecer os tipos de pragas que existem poderá tomar decisões muito mais responsáveis em relação aos seus cultivos e saberá como protege-los. Lembra-se que há insetos que também podem ser bons para os seus cultivos!

Neste artigo, veja quais são as principais pragas mais perigosas e todas as formas de eliminá-las possíveis.

3 Tipos de pragas e como elimina-las 1

Pragas: o que são?

Existem muitos tipos de insetos que destroem as plantas. No entanto, para serem considerados pragas, os insetos devem causar sérios danos à área plantada.

As pragas agrícolas conseguem reduzir a produtividade e/ou qualidade dos produtos agrícolas a partir de alimentos. Estas também podem ser portadores de doenças.

Os organismos existem em todos os sistemas agrícolas. Quando esses sistemas apresentam um grande biodiversidade, os insetos permanecerão em equilíbrio.

Em grandes áreas com uma mesma cultura, a diversidade de organismos presentes neste meio é reduzida. E assim, alguns organismos perdem predadores e inimigos naturais, e a população aumenta.

Ao medida que a população aumenta, os organismos assumem o papel de pragas e prejudicam as culturas agrícolas.

Saiba mais acerca da formação de pragas aqui!

Principais pragas agrícolas e como combatê-las

O impacto das pragas agrícolas depende da cultura hospedeira. Apesar disso, muitas delas causam danos em uma gama de espécies cultivadas. A melhor maneira de proteger os seus cultivos e prevenir a chegada de parasitas às suas culturas é através de estufas baratas para jardim.

A seguir, poderá ver em detalhes cada uma delas, os danos causados e as formas de controle mais recomendadas.

pragas

Piolhos

Os piolhos, que pertencem à família dos afídeos, são essencialmente pequenos hemípteros que se nutrem de seiva de plantas. Eles entram nos vasos condutores das folhas através dos “buracos” que fazem nas folhas.

Para percorrer distâncias maiores, contam com a ajuda do vento e através do transporte dos hortícolas afetados por esta planta.

Esta praga agrícola torna as folhas dos seus cultivos meladas, amarelas e enrugadas seguindo-se posteriormente o atrofiamento das mesmas e até por vezes a morte da planta.

As flores e frutos das plantas atingidas pelo piolho são mais fracos e pouco desenvolvidos, atacando principalmente as folhas e botões.

Para este tipos de pragas na agricultura recomendamos o uso de soluções caseiras para solucionar o problema. Conheça as melhores receitas para os piolhos:

  • 1 L de água, 6 dentes de alho e meia cebola
  • 10 L de água com 200/250 gramas de urtigas
  • 10 L de água, 250 gramas de sabão azul e 100 ml de azeite

 

piolho

Traça da batateira

A traça da batateira é hoje em dia uma das pragas que mais afetam a cultura da batata, sendo considerada, logo aos o míldio, a sua maior inimiga.

A pressão da praga tem crescido nos últimos anos, levando em muitos casos à perda quase total da produção.

A traça ataca os órgãos aéreos da batateira no campo, sucedendo-se as gerações até à colheita, quando atingem o máximo da sua importância. Para os prejuízos contribuem não só os estragos diretos que as larvas fazem ao abrir as galerias nos tubérculos, como os fungos que aí se desenvolvem, causando o apodrecimento da batata.

Se costuma ter prejuízos com a traça, faça agora um tratamento inseticida nos batatais. Se prevê a colheita para breve, escolha um inseticida de intervalo de segurança curto.
Durante a colheita, não cubra os sacos ou montes de batatas com a rama das batateiras. É uma forma certa de transportar ovos e larvas de traça para dentro dos armazéns e câmaras frigoríficas, além de a disseminar para outras localidades no movimento comercial.
A melhor forma para não ter que se preocupar com esta praga é retirar as batatas do terreno o mais depressa possível após o arranque e queime a rama de imediato.

3 Tipos de pragas e como elimina-las 2

Moscas brancas

As moscas brancas em Portugal pertencem ao que podemos considerar, uma segunda linha de pragas prejudiciais à cultura do tomate para indústria.

É um inseto polífago, cujos hospedeiros preferenciais são: algodão, brócolos, couve-flor, repolho, melão, chuchu, melancia, pepino, berinjela, pimenta, tomate, pimentão, soja e uva.

O processo alimentar do inseto se inicia com a penetração intercelular dos estiletes através de tecidos foliares do mesofilo até atingir o floema, onde ocorre a sucção de seiva elaborada, consistindo em um dano direto no vegetal.

Além disto, o inseto pode provocar fito toxemias pelo seu processo alimentar, com alterações fisiológicas na planta.

Pode eliminar esta praga:

  • Manualmente  sem danificar as nossas plantas é fazê-lo, sempre que seja um horto pequeno e o número de insetos seja baixo. É a técnica menos daninha e a que mais paciência requer pela sua parte.
  • Com sabão potássico, este produto o esqueleto dos insetos fica amolecido e por conseguinte debilita-se e as moscas morrem. O sabão potássico é natural e inócuo para a nossa saúde.
  • Com óleo de neem, costuma-se usar depois de deitar o sabão potássico. É um inseticida natural que se extrai de uma árvore com origem na Índia.
pragas

De forma a prevenir esta pragas de atacarem os seus cultivos, utilize estufas domésticas ou repelentes caseiros para que não tenha prejuízos nas suas culturas!

Voltar à lista