Se está a pensar fazer criação de galinhas, é provavelmente porque decidiu entrar no mundo da criação de gado, o que irá dar bastante valor.

Para criar galinhas, vai necessitar de ter um local apropriado para a sua sustentação, multiplicação e conforto como um galinheiro ou gaiola, uma boa terra para o chão.
É também fulcral que as galinhas tenham uma alimentação saudável.

Podemos dividir este processo de aprendizagem de fazer criação de galinhas por partes.

O primeiro passo é verificar se as suas galinhas estão ativas e não muito. Uma galinha que mostra atividade é uma galinha saudável.

A postura também pode ser um bom indicador do estado de saúde da galinha. Os olhos devem estar brilhantes e vividos.
Não deve ter nenhum muco nas narinas.
A crista deve ter uma cor nítida. Tenha atenção que uma crista roxa pode indicar problemas circulatórios.
Tente verificar também a sua respiração, que é outro bom indicador de saúde. A olho nu, observa-se se uma galinha ou galo tem uma respiração correta ou não.

O segundo passo é escolher um galinheiro ou algo equivalente, que seja resistente e prático.

Lembre-se que cada galinha deve dispor, no mínimo, de 1 metro de espaço, se não tiver muito espaço é preferível manter poucas galinhas. Além do espaço do galinheiro, as galinhas necessitam de um pequeno espaço extra para passear, assim sendo construa uma vedação bem segura e deixe um espaço entre o galinheiro e a mesma. Ou então, opte por um dos galinheiros já com a vedação incluída.
Não nos podemos esquecer do desconforto que a humidade traz a estes animais, como tal é necessário colocar um poleiro, local aproximadamente a 60 cm do chão, muito útil para as galinhas poderem permanecer em dias mais chuvosos por exemplo e conseguir produzir os ovos de qualidade.
Um bom galinheiro deve ter os seguintes requisitos:
Materiais impermeáveis.
Ventilação conveniente.
Equipado com uma pequena porta
Devem ter ninhos e poleiros.
Possuir um “parque”, dado que as galinhas, para colocar ovos, precisam de um mínimo de 14 horas de luz por dia.

Se o seu galinheiro não incluir ninhos, acrescente ninhos com tamanho suficiente para uma galinha estar confortável, para que estas possam pôr os ovos. Reserve um espaço destinado para os seus animais beberem e comerem sossegadamente. É de realçar, que além da ração própria, deve incluir milho na alimentação das galinhas pois ajuda na digestão e fornece mais cálcio. Isto irá gerar ovos de qualidade e mais quantidades.

Questões sobre os ovos quando fazemos a criação de galinhas

Se as nossas galinhas têm uma vida saudável e satisfatória, isto irá comprovar-se na qualidade dos ovos que põem. Com cerca de 6 meses de idade, uma galinha normal começa a colocar ovos, que poderá usar para consumo ou para criar ainda mais galinhas. Para criar mais galinhas precisamos de um galo. No caso de termos um galo, este irá fecundar os ovos, tornando-os férteis e podendo assim eclodir se forem incubados pelas galinhas. Por outro lado, se não tivermos um galo, as galinhas continuarão a colocar ovos (provavelmente em menor escala), mas estes não serão férteis e servirão exclusivamente para consumo alimentar.

Quando for apanhar os ovos, deve limpá-los cuidadosamente e secar, embora uma boa prática seja manter os ninhos limpos.

Também deve prestar atenção à consistência e dureza dos ovos que as suas galinhas colocam. Se perceber que os ovos têm a casca mole, será um sinal de que as suas galinhas precisam de consumir mais cálcio, deve fornecer suplementos nutricionais especificamente formulados para esse efeito.

Veja os nossos catálogos e escolha o galinheiro certo para si!

Fazer criação de galinhas
Galinheiro de madeira